Sei que existe um tipo de homossexualidade egodistónica, isto é, a pessoa sente-se atraída pelo mesmo sexo, mas não se aceita como homossexual. Uma vez que isso pode ser fonte de sofrimento, não estará ela no direito de ser ajudada pela psicologia ou psiquiatria?

“A homossexualidade trata-se de uma tendência da criatura para a comunhão afetiva com uma outra criatura do mesmo sexo”
“Homossexual é aquele que sente atração sexual e ou mantém relação amorosa e ou sexual com indivíduo do mesmo sexo”.
O homossexual egodistônico é aquele que deseja tratamento para sua disfunção, por conta dos inúmeros transtornos psicológicos encontrados, sendo atualmente enquadrado na Classificação da Organização Mundial de Saúde.
O grande desafio para o homossexual egodistônico é transformar a desarmonia em algo equilibrante, convivendo com a disfunção de forma harmônica, buscando uma proposta de transformação espiritual.
Posto isto, é natural, que um homossexual egodistónico, necessite de ajuda psicológica ou psiquiátrica, para se aceitar tal como é.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: